Capitão Wagner defende a implantação do Passe Livre Estudantil

9363 0
12729014_973581569404385_8118373444835070756_n

Nesta segunda-feira (15/02), o deputado estadual Capitão Wagner (PR) participou do programa Ceará News, através da Rede Plus FM de Rádio. Na entrevista, o parlamentar falou sobre a ação de facções criminosas no Ceará, segurança pública, eleições, e defendeu a instalação do Passe Livre estudantil.

Capitão Wagner iniciou a entrevista falando sobre a possível cassação do governador Camilo Santana (PT), julgado por uso da máquina pública para financiar a própria campanha política. O republicano salientou a importância de a Justiça cassar o mandato do governador, apesar do Ministério Público reunir provas de que foi investido dinheiro do Estado para barganhar a campanha do petista.

Segurança

Questionado sobre a presença de facções criminosas na Capital, Wagner classificou como irresponsável a postura do governo em não se pronunciar sobre o assunto, e principalmente, por negar a existência do problema, sem ao menos investigá-lo. Para o republicano esse é um assunto gravíssimo, diante de uma iminente “guerra” entre tais grupos criminosos que poderia acarretar mais violência.

O parlamentar tratou também sobre a questão do bloqueio de sinal de celular nos presídios, afirmando que o Governo do Estado “teima” em não instalar tais equipamentos, já adquiridos, ainda na gestão de Cid Gomes, e que o Executivo quer transferir para as operadoras a tarefa de implantar uma espécie de interrupção do serviço na área geográfica onde estão os presídios.

Ainda sobre segurança pública, o parlamentar voltou a defender a atuação da Guarda Municipal de Fortaleza como força aliada às demais instituições no combate à criminalidade. Wagner defende uma Guarda Municipal armada. “A GMF poderia auxiliar no restabelecimento da paz na cidade. É claro que não se entregaria armas de fogo aos agentes sem que estes fossem preparados para isto”, concluiu.

Eleições

Indagado sobre a pré-candidatura à prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner falou que no momento estão sendo avaliadas possíveis alianças partidárias que venham a alavancar sua atuação na disputa eleitoral, em outubro. O parlamentar rebateu ainda a postura de outras lideranças políticas que o classificam como “candidato da segurança”.

Segundo ele, existem outros pré-candidatos, de diversas áreas, como exemplo o prefeito Roberto Cláudio, que é médico por formação e em contrapartida não realiza um bom trabalho com a saúde no município, ou seja, não é por ter sido membro da polícia, que seu governo será totalmente voltado para a segurança.

Passe Livre Estudantil

Ao final de sua entrevista, Capitão Wagner fez um convite aos estudantes do município, que se fizessem presentes na Assembleia Legislativa, onde acontecerá uma audiência pública para discutir a implantação do Passe Livre Estudantil. Essa medida já é realidade em outras cidades do país. O benefício, segundo ele, pode ser também estendida aos municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). “A medida é viável e poderia contribuir também até mesmo para a questão da mobilidade urbana”, disse o parlamentar.

Segundo ele, estudos realizados  sobre o assunto indicam que a Prefeitura de Fortaleza poderia implantar tal sistema. Capitão Wagner informou ainda, que encaminhou um requerimento à Comissão Permanente de Transportes Urbanos, Viação e Desenvolvimento da Assembleia Legislativa solicitando a realização de uma audiência pública para tratar dessa questão.

Total 4 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?